02
Ter., Jun.

Typography

A festa do Bem-aventurado Timóteo Giaccardo trouxe para a nossa Província do Brasil o dom da Ordenação Diaconal do Cl. Guilherme César da Silva. A celebração realizou-se na Igreja Paroquial da Paróquia Santo Inácio de Loyola, situada na Vila Mariana, bairro central da Cidade de São Paulo e seguiu a Liturgia do 29º Domingo do Tempo Comum.

Bispo ordenante foi Dom Carlos Lema Garcia, bispo auxiliar e Vigário episcopal para a Educação e a Universidade da Arquidiocese de São Paulo.

Na homilia, ele relacionou as Leituras deste domingo ao tríplice ministério diaconal, ou seja, o ministério da Caridade, da Palavra e da Liturgia. Apresentou a Guilherme as diversas expressões do serviço diaconal e ressaltou o ministério da Oração e especialmente da Palavra. De fato, a segunda leitura, da Segunda Carta de São Paulo a Timóteo indica: “Toda a Escritura, inspirada por Deus, é útil para ensinar, persuadir, corrigir e formar segundo a justiça. Assim o homem de Deus será perfeito, bem preparado para todas as boas obras” (2Tm 3, 16-17). Disse que Guilherme, nos passos de Timóteo, “desde criança conhece a Sagrada Escritura” e, agora, com a Ordenação Diaconal, é constituído para o anúncio do Evangelho, assumindo no ministério o anúncio da Palavra, no exercício do carisma da Congregação, chamada a evangelizar com os meios de comunicação.

Don Carlos. dirigindo-se diretamente ao Guilherme, perguntou quantas das mães presentes não teriam a mesma alegria de sua mãe Lucimar e sua avó Hipólita, ali presentes, se tivessem um filho, como ele, sendo ordenado Diácono e preparando-se para a Ordenação Presbiteral. Cumprimentou também os numerosos membros das Congregações e Institutos da Família Paulina, presentes na Ordenação.

Antes da Bênção final, Padre Claudiano Avelino dos Santos, Superior Provincial, cumprimentou os presentes, convidou para uma confraternização na sede da FAPCOM e leu a mensagem enviada pelo Superior Geral, Pe. Valdir de Castro, que, em especial, assim se dirigiu ao Diácono Guilherme: “A memória litúrgica do Bem-aventurado Timóteo Giaccardo, que recorre exatamente hoje a trinta anos de sua beatificação, te ajuda a dar concretude ao teu ministério. Que quer dizer ser diácono paulino? Entre todas as respostas possíveis, penso que servir o povo de Deus é dar-lhe a possibilidade de encontrar Jesus nosso Mestre. Mestre de vida nova, de vida vivida em plenitude, de comunhão... E o Bem-aventurado Timóteo acolheu o convite a servir, a ser um apóstolo moderno, assumindo a comunicação, do modo que era possível há 100 anos, para anunciar o Evangelho. Isso te encoraja a viver também como apóstolo, com a missão de tornar-te próximo das pessoas, com criatividade, tendo no coração a cultura do encontro, da qual muito fala o Papa Francisco”.

Onde estamos